terça-feira, 23 de maio de 2017

Semana Mundial do Brincar 2017: O Brincar que Encanta o Tempo1
Vem aí mais uma Semana Mundial do Brincar (SMB). Chegou a hora de sensibilizar e mobilizar famílias, educadores e adultos de todas as idades para um período especial com as crianças. Neste ano, a SMB acontece entre os dias 21 e 28 de maio e o tema escolhido para inspirar a programação é “O Brincar que Encanta o Tempo”: um convite ao brincar que encanta o ritmo vital da infância e acompanha a sequencia da vida com imaginação, fantasia e experiências físicas e anímicas.
Se em 2016, a SMB tratou do espaço, do lugar, com o tema “O Brincar que Encanta o Lugar”, agora avançamos para o tempo, para que acumulemos conhecimento e reflexões essenciais nesse contínuo tempo-espaço, que pode e deve ser encantado na infância. A SMB propõe, por trás de toda a programação, que nos atentemos às pressões que muitas vezes recaem sobre a criança – a correria do dia a dia, o que é imposto – e que acaba atropelando seu desenvolvimento individual e único.
O tempo de brincar é o tempo da convivência, da descoberta, do sentir e se encantar pelo mundo, juntos, na convivência diária e movimentada da vida. E o ritmo torna o tempo saudável. Brincadeiras do dia e da noite, brincadeiras que acendem e agitam o corpo, brincadeiras que acalmam, brincadeiras para imaginar, para sonhar, para pular, para viver, para colocar o ritmo desses pequenos conectado aos ritmos da natureza. Vem com a gente, a SMB 2017 está imperdível!
Como a SMB funciona
A Semana é uma iniciativa da Aliança que acontece desde 2009 e está atrelada ao Dia Mundial do Brincar, celebrado em 28 de maio, com uma grande mobilização social de voluntários, poder público e outros atores relacionados à
1 http://aliancapelainfancia.org.br/inspiracoes/semana-mundial-do-brincar-2017-o-brincar-que-encanta-o-tempo/
infância em todo o país. Neste ano, o evento espera contar mais uma vez com uma programação diversificada nos núcleos da Aliança espalhados em diversos estados brasileiros, parceiros da iniciativa, como o Sesc, organizações sociais, escolas e prefeituras e quem mais tiver o interesse em promover uma ação sobre o tema em seus locais de convivência.
A SMB acontecerá em espaços públicos e privados, escolas, museus, ruas, praças, parques e outros. Onde existe espaço para crianças, adultos e brincadeiras é um possível lugar para a SMB. E reforçamos: a proposta é para todos e qualquer um pode participar promovendo ações ou prestigiando eventos em sua cidade. A Aliança pela Infância oferece todo o suporte de preparação com instruções e material de comunicação para divulgação.
As atividades promovidas variam de acordo com a localidade e os parceiros envolvidos. Em geral, são brincadeiras em espaço aberto, com música, arte, teatro, dança, circo, leitura, contação de histórias, manifestações culturais tradicionais e outras ações livres que trazem ludicidade aos lugares mais diversos. Estamos falando, especialmente, do brincar livre, com brinquedos não estruturados, para que as crianças se envolvam e se encantem durante o tempo das brincadeiras.
Sobre a Aliança
A Aliança pela Infância é um movimento, que atua em rede, com seus núcleos e com a sociedade civil organizada, cujo compromisso é inspirar, articular, sensibilizar e mobilizar as pessoas em torno das causas da infância. Na Semana Mundial do Brincar seu papel é de articular parcerias, pautar as discussões e atividades e dar estímulos conceituais e de conteúdo para que organizações, gestão pública e pessoas possam desenvolver atividades de brincar em todo o Brasil nesse período, de modo que estas se tornem também mais frequentes ao longo do ano.
Para saber mais acompanhe nosso site, página no Facebook e acesse também o Guia para a Semana Mundial do Brincar do ano passado. Fique de olho, mais
sobre o tem do ano e todas as informações e programação ficarão disponíveis nesses canais de comunicação!


SUGESTÕES DE BRINCADEIRAS PARA FAZER NAS AULAS DE ENSINO RELIGIOSO
 
1º ANO

Jogo das matrizes:
Dividir as crianças em cinco grupos:
1. Pegadores
2. Letra A (de matriz africana)
3. Letra I (de matriz indígena)
4. Letra de C (de matriz ocidental)
5. Letra R (de matriz oriental)
Fazer 4 círculos grandes, com giz, no pátio e escrever as letras dentro (um círculo para cada matriz). Ao sinal da professora as crianças (com as letras) devem correr se misturando. Os pegadores devem pegar as crianças e coloca-las dentro do círculo correspondente.
Materiais necessários:
Giz
Papéis com as letras (de acordo com o número de crianças)
Fita crepe para prender os papéis na blusa das crianças
TNT vermelho para identificar os pegadores (pode-se amarrar como faixa na cabeça ou no braço)

2º ANO

Jogo dos alimentos sagrados:
Vendar os olhos das crianças e, de acordo com os alimentos que foram ou serão trabalhados no conteúdo “alimentos sagrados”, colocar um pouco do alimento na boca das crianças para que elas adivinhem o que é.
Sugestões de alimentos:
Pão (ocidental)
Leite (oriental)
Milho (indígena)
Pipoca (africana)
A professora pode colocar diferentes alimentos de acordo com suas possibilidades e com o trabalho que vem sendo realizado.

3º ANO

Adivinhe o Lugar!
O jogo está disponível online na página de Ensino Religioso. Para visualizar e jogar acesse o link: http://multimidia.educacao.curitiba.pr.gov.br/2017/5/pdf/00136947.pdf

4º ANO

Bonecas de vestir:
A partir dos bonecos, desenhos a seguir, propor que as crianças criem roupas para vesti-los de acordo com as organizações religiosas trabalhadas pela professora em sala.



5º ANO

Bingo dos animais sagrados:
CARTELAS DO BINGO DOS ANIMAIS